Qual é o prazo de locação de um guarda móveis?

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

locação de um guarda móveis

Optar pela locação de um guarda móveis é extremamente benéfico em uma grande variedade de situações. Graças a um espaço desse tipo, você se livra da bagunça de casa ou, então, deixa tudo protegido quando vai viajar.

Mesmo assim, muita gente ainda tem dúvidas sobre essa contratação, especialmente em relação ao prazo. Existe um período mínimo? O contrato vence ou expira? Por quanto tempo pode deixar os seus itens por lá?

Para responder a todas essas questões, continue lendo!

Há prazos para a locação de um guarda móveis?

Diferentemente do que acontece com aluguéis de imóveis, tanto comerciais quanto residenciais, um guarda móveis não possui um prazo de locação.

Nos primeiros casos, é comum que haja um período mínimo que varia de 12 a 30 meses, antes que o contrato tenha que ser renovado. O prazo máximo, por sua vez, não existe em nenhuma modalidade.

Especificamente falando da locação de um guarda móveis, o contrato pode ser mantido de acordo com a sua vontade. Ele é mensal e, portanto, você só precisa pagar pelo mês que, efetivamente, usar o recurso.

Com isso, pode passar tanto 2 ou 3 meses alugando o espaço como ficar vários anos como locatário. Assim, não existe um prazo pré-determinado.

Como acontece a renovação do contrato?

Por ser mensal, o contrato é renovado assim que esse período se cumpre. Na maior parte dos casos, é uma renovação automática. Ou seja, há a inferência de que ambas as partes desejam continuar mantendo a relação de locação, até que alguém se manifeste de forma contrária.

Como na maioria dos casos o pagamento é cobrado no cartão de crédito, o valor cai na fatura de maneira automática. É importante notar que, até manifestação oposta, as condições do contrato serão mantidas.

O que acontece se você não quiser mais alugar?

Imagine que tenha alugado um guarda móveis para deixar os itens da mudança ou o restante do material da reforma. Depois de alguns meses, o espaço já não é útil, então você não deseja mais fazer o aluguel.

Em uma situação como essa, basta entrar em contato com o estabelecimento e pedir a finalização do contrato. A partir daí, é necessário retirar os seus pertences, entregar a chave (no caso de self storage) e fazer o pagamento restante do mês, se for o caso.

Portanto, não é preciso apresentar documentos diferentes, passar por um processo burocrático e nem pagar multa.

A empresa pode encerrar o contrato?

Por definição, a empresa de guarda móveis tem que te oferecer a opção de alugar o espaço que já está ocupado até que decida que não deseja mais utilizar a solução.

Ao mesmo tempo, isso não significa que um contrato de locação de um guarda móveis não possa ser encerrado sem que seja da sua vontade.

Porém, não precisa se preocupar, pois isso só acontece caso descumpra condições previstas no documento, como ao violar os termos de uso e armazenar objetos proibidos.

Em todos os outros casos, você possui a garantia de que poderá deixar o elemento lá de maneira indefinida.

Como a locação de um guarda móveis não tem prazo pré-determinado, a opção fica ainda mais flexível e adequada para atender a todas as suas necessidades.

Caso tenha alguma questão sobre o assunto, comente e participe!

Comentários no Facebook

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×